Alvaz Agritech

Blog

Agronegócio

Benefícios da tecnologia para a produção do café

31 de Maro de 2019 Benefícios da tecnologia para a produção do caféBenefícios da tecnologia para a produção do café

Produtores rurais que atuam na cultura do café sabem o quanto a lavoura cafeeira pode ser impactada positivamente, graças a presença da tecnologia.

Com necessidades específicas que demandam uma série de cuidados, o café é mais do que um simples produto da nossa agricultura, mas uma espécie de patrimônio cultural do Brasil.

Afinal, a história do café, tão apreciado aqui e em todo mundo, se confunde com a da própria sociedade brasileira. Esse verdadeiro “cartão postal” do nosso país tem no conceito agritech e o aparato tecnológico, uma parceria de sucesso em diversos sentidos.

Você sabe como a tecnologia pode beneficiar a produção de café em sua fazenda? É sobre isso que falaremos no post de hoje, acompanhe!

Produção de café: quais principais fatores podem atrapalhar a produção?

Antes de falarmos sobre como a tecnologia pode ajudar a produção de café, é interessante identificarmos os principais pontos onde a cultura cafeeira pode apresentar vulnerabilidade.

É muito comum, por exemplo, que o clima possa atrapalhar a produtividade na lavoura de café.

Como não se pode fazer a extração dos grãos durante uma chuva, bem como não se pode molhá-los durante o processo de secagem, podemos concluir que o fator clima influencia de forma direta a produção de café.

Monitorar o clima para o produtor rural é algo fundamental para que a colheita seja bem sucedida.

Outro fator que impacta a produção de café é a presença de pragas. A broca do café, um dos principais danificadores do café, é uma inimiga a ser combatida.

Tanto as problemáticas geradas por fatores climáticos, quanto em relação aos danos causados por pragas na lavoura de café, encontram na tecnologia, soluções práticas e com alto grau de eficiência.

Principais benefícios do uso da tecnologia na cafeicultura

Quando falamos sobre tecnologia nas fazendas de café, a primeira ideia que vem à mente é o uso dos cada vez mais populares drones.

Uma matéria veiculada pelo portal da Universidade Federal de Lavras, denominada “Drone: ferramenta aumenta a eficiência na cafeicultura”, trouxe uma interessante pesquisa acerca do assunto.

De acordo com a matéria:

“... a tecnologia é mais uma aliada para otimizar custos e garantir uma boa safra. Atualmente, o monitoramento de lavouras grandes, muitas vezes, é feita com pragueiros, que vão caminhando ou com motos olhando se há pragas ou doenças. O uso do drone vai facilitar nesse sentido, uma vez que a autonomia dele é maior que a de pragueiros, além de obter um detalhamento maior da área em estudo com imagens de alta resolução espacial”, comenta o professor. Por isso, a tendência é de que essas aeronaves remotamente pilotadas estejam cada vez mais presentes no campo”.

Fonte: https://ufla.br/noticias/pesquisa/12084-drone-na-cafeicultura-mais-uma-ferramenta-para-aumentar-a-eficiencia-na-producao-de-cafe

As Aeronaves Remotamente Pilotadas, não por menos, estão se tornando uma “febre” entre aqueles que já entendem que a tecnologia é indispensável para agregar e juntar forças na agricultura.

Além de drones, softwares de gestão, monitoramento do clima, colheita de dados em relação à fazenda e suas respectivas plantações de café, entre outros, promovem informações extremamente importantes aos agricultores.

Eles podem desde mapear as áreas por meio de imagens captadas pelos drones, tecer relatórios, e se munir, por exemplo, de informações que trarão tomadas de decisões assertivas e mais estratégicas.

Dentre os benefícios do uso da tecnologia e da otimização da produção de café, podemos ainda destacar:

• Manejo de pragas com maior eficácia

Graças ao rastreamento das áreas afetadas, e o mapeamento via drones, é possível efetuar o manejo de pragas com maior precisão, evitando prejuízos e gastos desnecessários. Com isso, ganha-se em produtividade e rentabilidade.

• Melhor gestão

O uso de softwares de gestão tem contribuído com ganho de tempo, praticidade e precisão de dados. Com isso, a tecnologia está otimizando os processos e eliminando o desperdício.

• Condições climáticas são previstas com larga precisão

Monitorar o clima e as futuras condições de tempo tem ajudado muito na produção de café. Com os softwares de monitoramento do clima, o produtor rural pode buscar uma série de informações que vão além da simples previsão do tempo.

Com a coleta de dados e a realização de diagnósticos de análises inteligentes, fatores como a umidade relativa do ar dão insumos ao agricultor, no sentido de identificar o momento mais adequado para a realização da colheita do café, por exemplo.

• Identificação de possíveis problemas na lavoura

Com os drones, hoje a tecnologia torna acessível ao agricultor, avaliar a existência de manchas ou falhas na lavoura de café, bem como se há a presença de infestações, ou até mesmo algum tipo de déficit de adubação, dentre qualquer outro fator que impacte negativamente o desempenho da lavoura.

Em resumo: a tecnologia promove ao agricultor e produtor rural, a redução de riscos de danos á lavoura, promove consideravelmente o aumento da produtividade, previne ameaças, e ainda contribui com a melhoria contínua da lavoura.

Alvaz Agritech: sinônimo de tecnologia e eficiência na produção de café

Impossível mencionar tecnologia no campo e na produção de café sem citar a Alvaz Agritech.

Referência dentro do segmento, a empresa destaca-se pelas constantes inovações que traz ao segmento de agronegócios, obtendo resultados expressivos e com ótimos retornos.

Indo além do simples papel de uma “prestadora de serviços”, a Alvaz Agritech se fortalece neste cenário, na medida em que atua como uma parceira dos produtores.

Segundo o site da própria empresa:

“O quadro societário da Alvaz Agritech é formado por agrônomos com mais de 15 anos de experiência no desenvolvimento de cultivares e 30 anos na produção de sementes e agroquímicos, bem como na demanda junto ao mercado consumidor. Este know-how nos possibilita entender as demandas provenientes do campo e, assim, trazer soluções concretas”.

O carro-chefe da empresa é o serviço de Gerenciamento de Lavoura por VANT (GLV), o qual lança mão dos já citados e aprovados drones.

Investir em tecnologia para a lavoura é muito mais simples do que muitos fazendeiros imaginam, e revela ainda uma ótima relação custo X benefício.

Dúvidas? Entre em contato com a equipe de atendimento da Alvaz Agritech e tenha um atendimento personalizado.

0
  • Compartilhe
Alvaz Agritech

Conheça soluções tecnológicas exclusivas do setor agritech.

acesse o site